Please reload

Posts Recentes

Redes de Monitoramento Cidadão fazem análise de consistência de indicadores públicos

October 9, 2017

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

Redes de Monitoramento Cidadão apresentam indicadores de sustentabilidade urbana

November 28, 2017

 

As Rede de Monitoramento Cidadão (RMC) de Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Palmas (TO) e Vitória (ES) encerram o ano com a apresentação do levantamento de indicadores de sustentabilidade urbana, que retratam o desenvolvimento das capitais. Os dados técnicos, levantados junto ao poder público, e os indicadores de percepção, coletados através de uma pesquisa de opinião pública, abordam temas como mobilidade, segurança, saneamento básico e outros assuntos que interferem diretamente na sustentabilidade da cidade e qualidade de vida de seus moradores.

 

Mais de 130 indicadores técnicos foram levantados junto ao poder público. Após a coleta dos dados, grupos de especialistas, coordenados pelos Grupos Estratégicos de Monitoramento das RMCs, realizaram uma análise de consistência dos indicadores, com o objetivo de colocar à prova a qualidade, acuracidade, confiabilidade e relevância dos dados fornecidos pelo poder público. Já a pesquisa de opinião pública, realizada entre os meses de setembro e novembro, ouviu mais de mil moradores das diferentes regiões das capitais, com o objetivo de entender como os cidadãos percebem o avanço, ou não, do desenvolvimento sustentável do município e quais os temas que consideram mais importantes para o futuro de onde moram. 

 

“Não se trata apenas do levantamento de indicadores de percepção, mas de um instrumento importante de participação cidadã na definição do futuro da cidade. Esperamos que a opinião dos moradores, levantada por meio desta pesquisa, subsidie ações do poder público e ajude a qualificar o debate público em relação às demandas de cada cidade”, diz o coordenador nacional do Projeto Redes de Monitoramento Cidadão, Fernando Penedo. Nos eventos, especialistas irão correlacionar os dados técnicos da gestão pública com a percepção dos moradores que participaram da pesquisa.

 

Além de apresentar os dados à população, cada RMC entregará os resultados à Prefeitura Municipal. O trabalho da RMC busca auxiliar governo e sociedade a estabelecerem e seguirem prioridades claras e mensuráveis para o desenvolvimento da cidade. Os resultados da pesquisa de opinião pública também fortalecem e empoderam os trabalhos de cidadãos e organizações comunitárias, bem como estimulam que as pessoas reflitam e compreendam a qualidade de vida e a sustentabilidade da sua cidade.

 

Os exercícios de acompanhamento das Redes de Monitoramento Cidadão– levantamento e análise de indicadores técnicos e pesquisa de opinião pública – serão realizados anualmente. Por utilizarem uma metodologia aplicada internacionalmente, em mais de 70 cidades da América Latina e Caribe (ALC), estas iniciativas permitirão não só a comparação da evolução, ou não, dos dados da gestão pública e da percepção dos moradores da cidade ao longo dos anos, como também correlacionar os resultados dos dois levantamentos e, até mesmo, compará-los com os de outras cidades brasileiras e latino-americanas.

 

Saiba mais sobre a RMC

As Redes de Monitoramento Cidadão são organizações, independentes e apartidárias, criadas com o objetivo de acompanhar o desempenho das cidades em temas que impactam sua sustentabilidade e a qualidade de vida de seus cidadãos, de forma técnica e imparcial, auxiliando governos e sociedade a estabelecerem e seguirem prioridades claras e mensuráveis para seu desenvolvimento. Compostas por representantes da sociedade civil, setor produtivo, academia e mídia, as RMC também realizam pesquisas e estudos, disseminam informações e análises e desenvolvem iniciativas com diferentes setores da sociedade, por meio de projetos e estímulo à ação política responsável, que promovem a sustentabilidade da cidade. O projeto conta com o apoio financeiro do Fundo Socioambiental da CAIXA e parceria do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e tem como agência executora a Baobá – Práticas Sustentáveis.

 

 

Eventos

 

Palmas/TO

Data: 28 de novembro

Horário: 19h

Local: Auditório do SENAI no Centro de Educação e Tecnologia de Palmas (ao lado OAB)

201 Norte Avenida LO-04 Rua NO 13 Lote 05 - Plano Diretor Norte, Palmas

Inscrições: http://bit.ly/RMCPalmas

 

Florianópolis/SC

Data: 30 de novembro

Horário: 13h30

Local: Auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL

Rua Felipe Schmidt, 679 – Centro

Inscrições: https://goo.gl/oJD1bG

 

Vitória/ES

Data: 4 de dezembro

Horário: 15h

Local: Auditório da Rede Gazeta

Chafic Murad, 902

Inscrições: http://bit.ly/RMCVitoria

 

Goiânia/GO

Data: 7 de dezembro

Horário: 14h

Local: Auditório da Câmara de Vereadores

Av. Goiás, 2001

Inscrições: http://bit.ly/RMCGoiania  

 

João Pessoa/GO

Data: 12 de dezembro

(em horário e local a definir)

 

Foto de Palmas/TO: Isabela Senatore.
 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
MISSÃO

MISSÃO

Trabalhamos para o desenvolvimento sustentável das cidades, da sociedade e dos negócios.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now